7 ferramentas manuais essenciais para sua rotina na marcenaria6 min leitura

O uso de materiais de qualidade e a escolha de bons fornecedores são etapas essenciais para o sucesso de um projeto de móveis. Além disso, utilizar equipamentos adequados é fundamental para realizar as atividades com segurança e eficiência. É o caso, por exemplo, das ferramentas manuais para marcenaria, que são o tema do post de hoje. Veja a seguir quais delas você precisa ter para facilitar sua rotina no trabalho!

ferramentas manuais para marcenaria 7 modelos essenciais leo madeiras

Esses equipamentos são imprescindíveis na rotina de trabalho, pois é por meio deles que você vai conseguir executar seus projetos, sejam eles simples itens de decoração ou móveis mais elaborados. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, a marcenaria não requer somente o uso de uma ferramenta ou outra, mas sim de um verdadeiro mix de equipamentos.

Para que você saiba mais sobre o tema, listamos neste artigo as 7 principais ferramentas manuais de marcenaria, suas características e as melhores dicas para mantê-las sempre bem cuidadas e organizadas. Boa leitura!

Quais são as 7 principais ferramentas manuais de marcenaria?

Uma marcenaria não é feita apenas de grandes equipamentos, caracterizados pelo alto custo e alta tecnologia. Na verdade, há uma série de ferramentas manuais básicas que todo marceneiro deve sempre ter em mãos. A seguir, confira as 7 principais.

1. Esquadro

Ao se trabalhar com madeira, uma das etapas mais importantes é o momento de tirar as medidas das peças. Caso você ignore essa parte, será impossível cortar ou unir as diferentes partes de madeira com precisão.

Para isso, existem as ferramentas de medição, sendo o esquadro uma das mais importantes. Trata-se de uma ferramenta composta por uma haste de aço e um cabo de madeira, plástico ou metal. Sua função é demarcar o contorno de cortes, medir a distância de furos, entre outras tarefas.

O esquadro é utilizado para traçar retas perpendiculares entre si e para analisar se há perpendicularidade nas peças construídas na marcenaria. O ideal é contar com um esquadro combinado, que permite traçar ângulos de 90° e 45° e oferece um apoio maior, pois o esquadro simples é usado somente para marcação de 45°.

2. Régua

Outra ferramenta de medição que não pode faltar na marcenaria é a régua, sendo um dos itens mais utilizados no setor. Afinal, sua função é medir e marcar os trabalhos em madeira de forma precisa.

Para isso, recomenda-se contar com uma régua de metal, que é mais resistente e firme. Já réguas com acabamento acetinado são mais fáceis de ler, especialmente em locais com pouca luz, pois não têm brilho. Além disso, tenha réguas de tamanhos variados, como de 15 cm, 30 cm, 50 cm e 100 cm.

3. Trena

Ainda falando em ferramentas de marcenaria de medição, não podemos nos esquecer da trena. Trata-se de uma régua flexível usada para medir e marcar peças de maiores proporções. O item conta com marcações lineares e é feito de diferentes materiais, desde plástico até metal.

Na marcenaria, uma trena de 3 metros já é suficiente para o trabalho. O ideal é contar com trenas leves e fortes, que proporcionam uma leitura clara e não riscam os itens fabricados.

4. Alicate

Uma das principais funções do alicate é segurar e manipular pequenas peças de madeira durante a montagem ou ajuste de móveis, proporcionando um controle preciso sobre o posicionamento e fixação dos componentes. Além disso, o alicate também é útil para cortar fios, pregos e grampos, facilitando a preparação e finalização de projetos de marcenaria.

Outra função importante do alicate na marcenaria é a sua capacidade de dobrar e torcer arames, proporcionando soluções criativas e eficientes para fixar e reforçar estruturas de madeira. Essa capacidade de moldar e manipular materiais diversos torna o alicate uma ferramenta indispensável durante a fabricação e montagem de móveis e outras peças de madeira.

5. Martelo

Em primeiro lugar, ele é utilizado para fixar pregos e grampos em diferentes tipos de materiais, como madeira, compensado e MDF, permitindo a montagem de estruturas e peças de mobiliário.

Além disso, o martelo também é essencial para ajustar e moldar peças de madeira, seja batendo levemente para ajustar a posição de uma peça ou para dar forma a detalhes intricados durante o processo de acabamento, garantindo a precisão e qualidade do trabalho final.

6. Lima

Usada para lixar e polir materiais em trabalhos manuais, a lima não pode ficar de fora de seus projetos na marcenaria. Afinal, a ferramenta possui uma haste de aço que permite moldar as peças na forma que você precisa.

Há diferentes modelos de lima disponíveis no mercado, como a mecânica, triangular, de tungstênio, rotativa, grossa, entre diversas outras.

7. Formão

O formão é um equipamento muito importante na marcenaria, pois permite que você faça entalhes na madeira e crie pequenas cortes e detalhes. Ele é imprescindível durante o acabamento, uma vez que o serrote não costuma ser um instrumento muito preciso para isso.

Também chamada de cinzel, a ferramenta se parece com uma chave de fenda, contando com uma ponta afiada que permite realizar o trabalho com bastante precisão e facilidade. Para um trabalho eficiente, conte com um conjunto de formões de 6, 12 e 18 mm, além de se atentar à qualidade e durabilidade do produto.

Quais as melhores dicas para conservar e organizar as ferramentas no trabalho?

Não basta apenas contar com uma série de ferramentas e equipamentos em sua marcenaria: é imprescindível saber utilizá-los e conservá-los de maneira correta. Caso contrário, os itens vão se desgastar mais rapidamente, e as chances de que ocorra um acidente serão grandes. Confira nossas dicas para manejar os itens de forma correta:

  • verifique se a ferramenta está em boas condições antes de utilizá-la;
  • guarde as ferramentas em um local seguro;
  • utilize o equipamento somente para a função à qual ele se destina, evitando improvisar;
  • limpe e lubrifique os acessórios sempre que necessário;
  • siga todas as instruções de uso;
  • utilize Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) quando necessário, como óculos e luvas.

Ao longo deste artigo, você conheceu as principais ferramentas de marcenaria que devem fazer parte do seu dia a dia de trabalho. Mas essas são apenas algumas delas. Por isso, busque conhecer outros equipamentos necessários à sua rotina e adote nossas dicas para utilizá-los e organizá-los corretamente.

Uma última orientação: na hora de adquirir suas ferramentas, busque sempre fornecedores que ofereçam qualidade, experiência e confiabilidade. Afinal, apenas assim é possível contar com os itens certos para o seu trabalho e ter mais segurança no dia a dia.

Já decidiu quais ferramentas são necessárias para as atividades da sua marcenaria? Conheça os produtos da Leo Madeiras e veja como eles podem fazer a diferença no seu negócio!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.